O Caminho do Grande Encontro – por Patricia Cuocolo

É muito comum a queixa do ser humano em relação à  falta de controle sobre os eventos de sua vida, aquela sensação de ser levado para as situações sem poder fazer nada para impedir que isso aconteça.

Mas será que é assim que tudo acontece mesmo? Como fazer para passar de escravo das emoções, dos sentimentos, do outro, da vida, para ator principal da sua história?

Quais comportamento somos capazes de gerar em nossas vidas?

Comportamentos Inconscientes → resposta automática que temos às diferentes situações e pessoas em nossas vidas. Essas respostas são geradas baseadas principalmente nos primeiros aprendizados na relação com  pai, mãe e família em geral. A partir disso são construídos  mecanismos de defesa para a sobrevivência do eu que está se formando. Se durante a vida esses “mecanismos de funcionamento” não forem revistos e resignificados corremos o risco de atuarmos de forma reativa, repetida, não criativa em relação à vida.  Sofrimentos prolongados  podem  advir do fato de não termos consciência do comportamento ou comportamentos que estão gerando esse tipo de padrão.

 

 

Comportamentos Conscientes→ atitude gerada por reflexão (pensar vivo) e conexão verdadeira com o sentir (coração). Caminho da liberdade e da responsabilidade pelas próprias ações. Desafio. Crise (do latim Crisis – decisão /escolha).

Zona de desconforto por um certo período. Requer mudança, trabalho sobre a própria alma. Pede esforço consciente, intenção verdadeira . Encontro com o eu real, com as próprias limitações, com os defeitos, com as qualidades e talentos. Desconstrução de ideais sociais absorvidos.

 

Este é um caminho hábil que surge através de observação cuidadosa de si.

Perguntas criativas:

 

Como estou caminhando nas várias áreas da minha vida?

Quais as áreas ou situações de vida que eu tenho desejo de transformar  no momento?

Quem sou eu? (com minhas qualidades e limitações)

Quais os meus verdadeiros desejos?

Estou vivendo minha vida a partir de um propósito verdadeiro?

Quais os meus talentos?

 

Percebemos o mundo de acordo com o nível de consciência que temos em determinado momento. Se ampliarmos nossa consciência e percepção, ampliamos nossa percepção do outro , do mundo e da vida.

Podemos trilhar o caminho em aprisionamento ou liberdade:

  • Caminho do aprisionamento Þ paralisação, crenças nas limitações, medos, estagnação, sensação de impotência, falta de fé, culpa, auto-punição, repetições de padrões destrutivos, depressão, tédio, mesmice, falta de vontade, isolamento,  rigidez mental.
    Crenças limitantes: não posso, não consigo, não mereço, não sou capaz, não sou bom o suficiente, não tenho tempo, a culpa é do outro, o outro me limita, não sei fazer diferente, por quê comigo?
  • Caminho da liberdade Þ compreensão da marcha, entrega,força interior, auto-aceitação, espontaneidade, criatividade, consciência do constante ciclo morte-renascimento, vitalidade, disciplina para atingir as metas propostas,coragem,auto-domínio,encontro da própria vocação.

Precisamos re-lembrar  quem somos. Nos perdemos nas máscaras as quais acreditamos ser nós mesmos. Nos mascaramos, nos escondemos do nosso próprio EU.

Se você silenciar para perceber, nós, os outros, e tudo o que existe ao nosso redor está em contínua transformação! Se deixarmos morrer o que precisa morrer o novo virá ! Acredite! As perdas e as dores fazem parte do caminho, mas também nos preparam para a nova vida! Quando o coração apertar, lembre-se da natureza que em sua infinita sabedoria deixa sempre ir embora aquilo que precisa ir para que o contínuo ciclo da renovação se perpetue!

Patricia Cuocolo

Psicóloga (PUC-SP) com formação em Antroposofia (SBMA), Arte do Brincante para Educadores (Instituto Brincante), Pedagogia Profunda (Mosaicos), Rebirthing (Instituto de Renascimento de São Paulo) e Practitioner em PNL (INEXH). Aprofundou seus estudos na abordagem Junguiana, Transpessoal e na Psicossíntese. Tem 14 anos de experiência na área clínica. Há 9 anos ministra cursos e workshops com temas voltados ao Desenvolvimento Humano e à Educação. Criou o projeto : “A construção de um novo olhar para a Educação” que visa a Proteção à Primeira Infância.
É fundadora e coordenadora do Espaço Integração na Granja Viana-SP.
Fone: 11-4702-4838
patriciacuocolo@espacointegracao.com.br

Clique em:  outros artigos

 


Deixe uma resposta

Your email address will not be published.