Ano Novo: momento de acelerar ou desacelerar? – por Maurício Bastos

Como anda sua mente?

Está acelerada e agitada com o ano por vir?

Ou tranqüila e confiante no fluir da vida?

Dizem os sábios orientais:
“A mente é grande causadora do sofrimento da humanidade.”

Ela é faminta e sedenta e à medida que saímos da ilusão de nossos pensamentos, sensações e emoções, podemos gradualmente chegar neste espaço verdadeiro chamado essência.

Normalmente nosso “eu auto-centrado” ou “ego” utiliza a mente
de 2 formas principais: o Medo e o Desejo.

O medo (da insegurança, da impermanência, de perder as posses, o status, o medo da dor, o medo de morrer).

-O desejo (de ganhar, de status, de poder, de fama, de prazer, de reconhecimento).

Você está muito além do desejo e do medo!

Você está muito além de sua mente agitada!

O Ego não habita o presente, ele vive na reatividade do passado ou nas expectativas de um futuro promissor…

Vive na busca pela segurança de uma identidade intocável e idealizada.

Quanto mais você estiver com qualidade de presença,
mais você estará dissolvendo seu ego!

No estudo da mente, existem 6 estados mentais principais:

3 estados hábeis e 3 estados não hábeis.

Estes estados mentais são de fundamental importância na compreensão do processo meditativo:

Os Estados Mentais Não Hábeis principais são: apego, aversão e ignorância(e levam ao sofrimento)

e os Estados Mentais Hábeis principais são:generosidade, amor incondicional e clareza mental. ( levam a paz interior)

Você tem a opção de escolher entre uma mente reativa (condicionada ao passado ou futuro)
ou uma mente criativa (que vive o agora)!

Lembre-se: você é o que sua existência quer que você seja!

Qualquer tentativa de ser o que você não é gera frustração!

Para saber quem você é, comece a libertar-se de quem você não é!

Um caminho interessante é observar:

As crenças, os condicionamentos, os hábitos, comportamentos, vícios

que você vem carregando em sua história de vida e que geram uma falsa noção de quem você é!

Na essência habita a calma, a amorosidade, o silêncio interior.

Habita a consciência que só podemos ser plenos, felizes neste exato momento: o presente.

O grande benefício da meditação após um tempo de prática é criar relacionamentos saudáveis e harmoniosos consigo, com o tempo-espaço, nas relações amorosas, com seus familiares, em sua empresa, etc.

Como anda seus relacionamentos hoje em dia?

Lembre-se disto, você é a causa e o mundo é um espelho!

Causa e efeito são complementares.

Aquilo que você plantar você irá colher!

“Sua felicidade depende da qualidade de suas escolhas.”

Feliz  e consciente 2012!

Clique em:  outros artigos

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.