Psicologia Positiva: qual a importância de implementá-la em sua vida?

Psicologia Positiva: qual a importância de implementá-la em sua vida?

Psicologia Positiva: qual a importância de implementá-la em sua vida?

Já pensou que a Psicologia Positiva pode ser uma grande aliada no seu desenvolvimento pessoal?

Como funciona a Psicologia Positiva?

Você já se perguntou como as suas emoções e pensamentos diários refletem na sua qualidade em viver?

A Psicologia Positiva é uma área recente de estudo (20 anos), dentro da Psicologia, que prioriza os elementos essenciais que podem trazer criatividade, bem-estar e autorrealização às pessoas.

Assim, em vez de priorizar a identificação de problemas ou patologias mentais e emocionais, a Psico Positiva (PP) se volta para a manutenção e reforço das potências e realização do indivíduo. Isso não significa deixar as doenças e desarmonias de lado, mas, sim, concentrar-se em aspectos positivos da existência humana: forças de caráter, compaixão, autoestima, gratidão, propósito, sentido, criatividade, etc.

Partindo desta premissa, a Psicologia Positiva emprega profundas ferramentas de autoconhecimento para mostrar que cada um tem o poder de mudar sua realidade e focar no que é essencial.

O caminho hábil para levar uma vida mais satisfatória é construir um modelo mental/emocional criativo, com uma visão ampla, focado naquilo que lhe traz sentido, o que é saudável e o que gera autorrealização.

“Desejo de Autorrealização é a tendência para se tornar realizado
naquilo que se é em potencial.”

Abraham Maslow

10 características de autorrealização:

  1. Apreciação Contínua
  2. Aceitação
  3. Autenticidade
  4. Equanimidade
  5. Propósito
  6. Percepção Eficiente da realidade
  7. Humanitarismo
  8. Experiência de Pico
  9. Boa intuição
  10. Espírito Criativo

Abordagens dentro dos preceitos da Psicologia Positiva

Psicologia Positiva: qual a importância de implementá-la em sua vida?A PP é um movimento científico moderno, com pesquisas de estudiosos do mundo inteiro, cujas estudos buscam comprovar que o Ser Humano pode ser mais feliz e ter uma vida mais plena.

É um ramo da Psicologia com interesse por aquilo que dá sentido e realização à vida das pessoas, e que traz valor e propósito à existência e desenvolve as virtudes, capacidades e qualidades inerentes do Ser Humano. Sendo assim, a PP também desenvolve um estudo profundo sobre o funcionamento positivo do cérebro e das capacidades e potências de cada indivíduo.

Uma questão prática para entendê-la é diferenciar o foco das perguntas usualmente feitas aos pacientes por seus psicólogos, numa abordagem mais automatizada, ao chegarem ao consultório:

  • Qual é a sua queixa?
  • Qual é o problema que o trouxe aqui?
  • O que está errado?

Perguntas como essas não podem ser ignoradas. Porém, na PP, as perguntas são feitas com outros ângulos de visão:

  • O que te dá sentido (que te faz sentir)?
  • O que te realiza?
  • Quais são as suas qualidades?

Mudar estas perguntas implica em mudar o foco, a realidade do processo terapêutico
e, consequentemente, a percepção da vida e das escolhas.

“Sua felicidade depende da qualidade de suas escolhas…”

Afinal, o que de fato importa?

Perguntar sobre o que vai mal e o que não funciona faz com que as pessoas se acostumem a focar nos aspectos negativos de suas vidas.

Por outro lado, quando se investiga o que vai bem, o que te move e inspira, naturalmente, as pessoas direcionam seus olhares para um campo mais positivo e criativo da vida.

O objetivo da Psicologia Positiva é possibilitar uma transformação na Psicologia, na forma de olhar para o indivíduo, a fim de “ressignificar” sua existência. A ideia é sair da preocupação em reparar o que está ruim e focar na construção do que promove propósito essencial, bem-estar e qualidade de vida.

Não se trata de ignorar o que não funciona, mas dar ênfase, destacar e valorizar o que está funcionando bem. Por esta razão, seu estudo é focado na felicidade e na realização, com o foco naquilo que traz sentido à existência.

Em menos de uma década, a Psicologia Positiva chamou a atenção não só da comunidade acadêmica como do público em geral.

Importante colocar que enquanto ciência, a PP não descarta as questões desafiadoras das pessoas, do mesmo modo que não contradiz os ramos tradicionais da Psicologia, apenas se utiliza outras abordagens. Mas, no momento que o indivíduo descobre sua força, talento e propósito, ele terá mais recursos internos em lidar com as “sombras.”

Psicologia Positiva: qual a importância de implementá-la em sua vida?

Força de Vontade

 

“Quanto mais nutrir as suas vontades e sonhos, mais você terá forças para realizá-los…”

Felicidade e Sentido

A busca da felicidade e de sentido são duas de nossas motivações mais centrais na vida e uma gama de pesquisas da Psicologia Positiva sugere que a felicidade e o sentido são, de fato, elementos essenciais do bem-estar. Ambos estão fortemente correlacionados entre si, muitas vezes, se alimentam mutuamente.

“Quanto mais sentido encontramos na vida, mais felizes geralmente sentimos, e quanto mais felizes nos sentimos, mais nos sentimos encorajados a buscar um sentido e propósito ainda maiores.”

(kaufman)

Modelo Perma-H

O modelo P.E.R.M.A-H, fundamento da Psicologia Positiva, é base de investigação a respeito do bem-estar e felicidade, pode ser mensurado por meio de seis fatores:

  • Positive emotion (Emoção positiva)
  • Engagement (Engajamento)
  • Relationships (Relacionamentos Positivos)
  • Meaning (Significado)
  • Accompplisment (Realização)
  • Health (vitalidade)

*Emoção Positiva: diz respeito às partes essenciais de harmonia e bem-estar. É quando o indivíduo consegue focar em atitudes otimistas e motivadoras, através de mudanças de hábitos, e ressignificar a visão para a vida, gerando emoções saudáveis

*Engajamento: é quando as pessoas conseguem focar completamente em atividades que estão realizando, através de três fatores: energia, dedicação e integração. O Estado de Flow (estado de foco profundo sem esforço) acontece aqui.

*Estabelecer relacionamentos: é da natureza humana. É comprovado que o bem-estar aumenta à medida que construímos relacionamentos saudáveis com familiares, amigos, vizinhos e colegas de trabalho. Inclui aspectos como inclusão, intimidade, network e participação ativa.

*Significado: se refere ao que dá sentido à vida das pessoas. O “como” você age naquilo que realmente lhe interessa. Isso pode acontecer através de relacionamentos, engajamentos, vocação, contribuição política/social, prática espiritual, apoio às causas nobres, etc.

*Realizações: são os aspectos que correspondem ao sentimento de um potencial interno que foi desenvolvido em grande nível em algum momento da vida, acompanhado de uma sensação de autonomia e autoeficácia.

*Vitalidade: é a saúde em geral, obtida por meio de exercícios regulares, alimentação saudável, sono e meditação.

Por que aderir à Psicologia Positiva?

A Psicologia Positiva traz muitos benefícios para todos os âmbitos da vida, já que a sua aplicação reflete nas atitudes, comportamentos e na forma de responder às situações do dia a dia do indivíduo.

Tenha em mente que os seus pensamentos e emoções são poderosos. Eles influenciam na sua visão (percepção) sobre as pessoas, acontecimentos ou fatos. Eles também inferem na sua visão de si, das suas capacidades. Se você permitir, seus pensamentos podem te limitar ou te expandir. Você é o autor!

Os conceitos da Psicologia Positiva estão baseados nisso. Então, mudar a forma de pensar, falar, sentir e agir são ferramentas fundamentais desta ciência.

A prática de Mindfulness, que demanda atenção plena e auto-observação é primordial. Aprender a colocar a atenção no “Agora”, a se auto-observar e também a se desidentificar de pensamentos e emoções tóxicas são princípios básicos.

Veja o artigo sobre Meditação.

Veja alguns dos outros benefícios da PP em sua vida:

  • Inteligência Emocional;
  • Reconhecimento e consciência dos sentimentos e pensamentos negativos;
  • Desenvolver e praticar a gratidão;
  • Ter mais motivação;
  • Conhecer as suas potencialidades e como desenvolvê-las ainda mais;
  • Praticar a autoaceitação e desenvolver a autoestima;
  • Melhorar os relacionamentos interpessoais.

Se você chegou até aqui, já deve ter notado que a Psicologia Positiva tem o objetivo de nos ensinar a sermos mais felizes e desfrutarmos de uma vida plena em vez de, simplesmente, focar em fórmulas ou métodos infalíveis de como sermos menos ansiosos e estressados.

E podemos perceber também que a “felicidade” é uma jornada (estado de espírito) que devemos fazer por meio da descoberta e da experiência de sermos verdadeiros e inteiros no caminho do viver. É a receita ideal para desenvolvermos a consciência de propósitos e do que nos traz sentido à vida e, assim, poder ofertar nossos dons e talentos para a humanidade.

Leia também o artigo “Inteligência Emocional”.

Experimente!

“Quando tiramos um tempo para perceber as coisas que estão indo bem para nós, isso significa que estamos recebendo pequenos prêmios ao longo do dia…” Martin Seligman

Conheça os inúmeros benefícios de aplicação dessa metodologia em sua vida!

Marque sua sessão online de Psicologia Positiva com o especialista Maurício Bastos e cuide de quem mais importa para você: você!

Leave a Reply

Your email address will not be published.

oito − oito =

pt Portuguese
X