Cansado(a) de tudo?

Cansado(a) de tudo?

Cansado(a) de tudo?

Quem é ‘este(a)’ que está cansado(a)?

Tem momentos específicos na vida que nos encontramos em uma situação que podemos definir como “cansado(a) de tudo”. Muitas vezes, não conseguimos perceber o que realmente queremos da vida e vamos seguindo nos automatismos da rotina sem um propósito maior, mas com muito descontentamento interno.  

Nesses casos, é sempre mais fácil e comum focarmos nossa atenção em situações externas: filhos, parceiro(a), trabalho, família, sociedade, política, casa… e acabamos nos esquecendo totalmente de nossos objetivos, sonhos e propósitos maiores. 

É uma situação que, com o passar do tempo, se torna sufocante e, cada vez mais, vamos ficando sem energia e motivação para, inclusive, levantar da cama pela manhã. Só quem já se sentiu assim, sabe como é difícil a rotina repetida do dia a dia. 

Nesse sentido, o “estar cansada(o) de tudo” pode ser resultado de uma questão muito mais profunda: será que estamos realmente vivendo nossa verdade? Será que realmente estamos conectados com a nossa essência? 

Fundamental aqui, as pausas conscientes, a auto-observação, o autoconhecimento e, desta forma, poder perceber onde você está perdendo energia e para onde realmente faz sentido direcionar o seu caminho. 

Perguntinhas básicas:

  • Onde você está colocando a sua atenção e energia?
  • Existe uma troca saudável neste âmbito?
  • Quem é este(a) que está cansado(a)?

Cansaço de tudo: baixa de energia – preguiça – procrastinação

Cansado(a) de tudo?É normal se sentir cansado após um dia longo de trabalho, seja este dentro ou fora de casa. O stress do dia a dia é uma das causas da queda de energia, irritabilidade, tensão e baixa de energia.  

Portanto, é preciso observar se este “cansaço” não está se tornando algo crônico e recorrente em sua vida, pois quando estamos mais cansados, menor será a nutrição de energia e quanto menos energia, mais preguiça. Assim, a “roda sofrida” da vida continua girando e temos dificuldades em mudar o curso da vida. 

Muito comum também nesta situação é acordamos cansados, pois mesmo que tenhamos dormido várias horas durante a noite, a sensação é que não recuperamos a energia. E à noite, ao tentar dormir, é possível que a mente esteja tão sobrecarregada e ativa e o corpo tão parado e inativo que pode também gerar muitos episódios de insônia. 

Quando a preguiça e a procrastinação começam a dominar o seu dia, torna-se cada vez mais difícil ter a iniciativa para as mudanças necessárias na vida, gerando muitas resistências, julgamentos, desculpas e dificuldades em abrir espaço para o “novo”. A mente fica só reagindo, se vitimizando e criando desculpas (culpa) para não mudar, e desta forma, o futuro só fica repetindo o passado. 

Cansaço físico

O esgotamento físico está associado ao desgaste excessivo. Esse desgaste é resultado de hábitos destrutivos como ficar horas na mesma posição no trânsito ou trabalho, ser sedentário, dormir pouco, se alimentar mal, etc.  

Os principais sintomas físicos são as dores musculares e articulares, enxaquecas, questões imunológicas, alérgicas, problemas no intestino e estômago, insônia, desmotivação, desconexão, sensação de vazio. Também pode interferir no desejo sexual e ser também sintomas de outras doenças como apneia, diabetes, doenças cardíacas, infecções, etc.

Cansaço mental

Esse cansaço é ocasionado pela desconexão com a mente emocional, o que resulta em uma espécie de “teimosia e vício mental”, em tentar resolver problemas e buscar controlar as situações da vida. Os principais sintomas desse cansaço mental são: a falha de memória, a dificuldade de atenção e concentração, a dificuldade de relacionamento e intimidade, a insônia, a ansiedade e a irritabilidade. 

Além disso, a pessoa que está nessa situação tem emoções muito contidas e reprimidas ou, o oposto, se emociona demasiadamente e fica com os “nervos à flor da pele”. Em função do extremo controle e perfeccionismo, o indivíduo tem dificuldades em relaxar e se entregar, sente muita insatisfação, desconforto e angústia constante. 

É importante pontuar que um cansaço pode ser a causa de outro cansaço. Ou seja, o cansaço físico pode levar ao cansaço mental e vice-versa. Assim sendo, precisamos revisitar nossos propósitos essenciais e cuidar mais amorosamente do nosso corpo e mente, para não ocasionar distúrbios maiores. 

Cansado(a) de tudo?

O que é desânimo?

É importante considerar que quando nos sentimos “cansados(as) de tudo” temos a possibilidade de viver um desânimo extremo. Lembrando que estamos em uma época desafiadora, onde o desânimo se tornou uma ‘epidemia’.  

Todos os dias, encontramos pessoas que perderam o ânimo e a motivação de seguir. O desânimo pode ser resultado de falta de autoconhecimento, frustrações vividas, desconexão, desilusões, crenças limitantes, metas não alcançadas, entre outros aspectos. 

Compreendendo o desânimo mais a fundo

Anima: alma 

Desanima: falta de alma

Falta de conexão com a alma…

Às vezes, criamos expectativas demasiadas sobre situações, projetos e pessoas e a vida não acontece como desejamos e idealizamos e, dessa forma, muitas frustrações e desilusões aparecem, gerando muito desânimo.  

Será que o que desejamos é realmente o que queremos? 

É o que sua essência realmente (alma) quer?

É fundamental, neste momento específico, trazer maior clareza ao propósito e observar as emoções que a alma está expressando e o que o corpo físico está sinalizando (somatizações). 

Perceba se junto ao desânimo e à desilusão, está sendo associado o sentimento da tristeza e depressão. Caso sim, procure ajuda de uma profissional o quanto antes. 

Tristeza e depressão 

Cansado(a) de tudo?A tristeza é um sentimento e condição típica dos seres humanos, caracterizado pela falta da alegria, ânimo, disposição e outras emoções de insatisfação. 

Todos nós já ficamos tristes, pois estar triste é uma condição natural à raça humana. Porém, ela pode se apresentar em diferentes graus de intensidade. Pode ser algo momentâneo ou pode persistir e ser mais profunda e recorrente. 

Estar “cansado(a) de tudo” pode também ser um sinal de uma tristeza escondida e reprimida que, com o passar do tempo, resulta em depressão. Se a pessoa tem depressão em níveis mais elevados, ela sente-se extremamente cansada, triste e desanimada.  

Há outros sintomas associados como a irritação, ansiedade, falta de esperança, culpa, pensamentos suicidas e outros. Muitas vezes, a depressão está em um nível mais profundo e enrustido, ou seja, a pessoa se sente “cansada(o) de tudo”, mas mesmo assim, continua as tarefas e ações cotidianas sem aparentar uma depressão.  

Muito importante percebemos estes sinais subliminares constantes de desânimo, reclamação e posturas tóxicas.

Dicas saudáveis para quando estiver “cansado(a) de tudo”

  1. Conheça a ti mesmo: observe atentamente o que este sintoma recorrente está querendo dizer em sua vida. Busque o autoconhecimento, terapias, meditação, relaxamento e revisite seus propósitos essenciais.
  2. Ame-se: Amor é presença, intenção e ação, coloque-se em primeiro lugar. 
  3. Faça atividades físicas: Praticar exercícios ajuda no desenvolvimento do bom humor, bem-estar e energia. A atividade aeróbica libera endorfina, dopamina e serotonina.
  4. Alimente-se bem: Crie rotinas de cuidados com seu corpo. Comece a encará-lo como um templo que te sustenta e invista em uma alimentação saudável e balanceada. Isso trará mais força para seu corpo e, consequentemente, para você.
  5. Se permita relaxar, desfrutar e dormir: Você merece, desenvolva a permissão para receber o “presente” e curti-lo. Desfrute a vida!
  6. Saia de casa e socialize: Importante ter momentos para sair do isolamento (tomando todos os cuidados devidos à fase em que vivemos), compartilhar a vida, se conectar com a natureza e cultivar atividades artísticas e/ou hobbies.
  7. Alegria e Prazer: Crie atividades prazerosas que gerem alegria, vivacidade e bem-estar diariamente.

Rir cura o cansaço na alma.
Sandra Frasseto 

Para saber mais sobre como lidar com essa sensação de apatia e cansaço de tudo, você pode participar de grupos terapêuticos ou atendimentos individuais com Mauricio Bastos, se inscrevendo pelo link.

Confira nossos conteúdos, acessando o blog ou, se preferir, agende sua terapia online agora mesmo.

Fonte:
https://mauriciobastos.art.br/cansadoa-de-tudo/

Leave a Reply

Your email address will not be published.

três + dois =

pt Portuguese
X